Audit D&A: Desbloquear o valor da auditoria | KPMG | PT
close
Share with your friends

Audit Data & Analytics: Desbloquear o valor da auditoria

Audit D&A: Desbloquear o valor da auditoria

D&A pode fornecer retrospectivas, perspectivas e prospectivas a uma auditoria.

1000

Conteúdo relacionado

Uma oportunidade para a auditoria

A auditoria às demonstrações financeiras há muito que fornece compliance e confiança e irá continuar a fazê-lo. Mas no ambiente de negócios actual, isto pode não ser suficiente. Os avanços na tecnologia e uma explosão de dados mudaram o jogo. As organizações e os investidores têm agora acesso a informações mais aprofundadas e diversificadas, que teriam sido impensáveis obter há uma década atrás. As empresas mais esclarecidas estão a utilizar estas informações para obter uma vantagem competitiva. Os auditores sempre se basearam na sua análise aos dados e informações disponíveis, como forma de avaliar a precisão das demonstrações financeiras e chegar a uma opinião de auditoria mas, actualmente, utilizam outros métodos (ex.: amostragem) para o fazer. Acreditamos que os auditores deveriam estar equipados de modo a aproveitar melhor as informações disponíveis e, por conseguinte, melhorar a qualidade da auditoria das demonstrações financeiras e fornecer informações e perspectivas adicionais.

Na KPMG vemos a auditoria como uma oportunidade, não uma obrigação. Avançamos de forma mais ampla e aprofundada, para além dos requisitos legais, para compreender o valor dos dados que estão disponíveis. Ajudamos as organizações a avaliar a sua posição financeira, a aprender com o seu desempenho, a perceber quais os pontos que poderiam ser melhorados e a estar preparadas para aquilo que o futuro reserva.

A nossa auditoria dinâmica é projectada de modo a desbloquear o valor do nosso processo de auditoria.

O poder do Data & Analytics

O Data & Analytics (D&A) é a chave para desbloquear a informação valiosa que as empresas possuem. Ao questionar e compreender os dados de forma eficaz, as empresas podem obter um maior conhecimento dos factores que afectam o seu desempenho – desde os dados do cliente até às influências ambientais – e transformá-los numa vantagem real. O D&A está a ajudar as empresas a tornarem-se mais inteligentes e mais produtivas e a melhorar as suas previsões.

O D&A tem também o poder de melhorar o processo de assurance. Na KPMG, há muitos anos que trabalhamos com D&A para utilizar de forma eficaz os dados que os nossos clientes possuem. Temos desenvolvido ao longo do tempo uma série de softwares e ferramentas que se integram na nossa auditoria, dando-nos a capacidade de estudar populações inteiras de dados e ajudando-nos a identificar melhor os riscos e a investigar anomalias.

Agora, levámos essa inovação para o próximo nível. Desenvolvemos um processo de auditoria que tem como base o D&A e que fornece uma auditoria dinâmica que proporciona retrospectivas, perspectivas e prospectivas.

Os benefícios das retrospectivas

As auditorias focam-se tradicionalmente no passado: analisar transacções e outros dados de actividades passadas. Apesar de aumentarem a confiança de que as demonstrações financeiras estão em conformidade com as normas que regem a sua elaboração, não divulgam o valor dos dados.

Através do D&A, tornamos a análise do passado mais esclarecedora. Em vez utilizar o método por amostragem nos dados das transacções, de modo a testar uma pequena amostra de actividades, podemos agora analisar todas as transacções processadas, permitindo identificar anomalias e detalhar os itens que demonstram maior probabilidade de ser de alto risco. Os nossos sistemas automatizam este processo, aumentando a sua capacidade de fornecer prova de auditoria de alta qualidade.

Este nível de análise significa que podemos identificar mais facilmente tendências e anomalias para uma investigação mais aprofundada. Isto permite-nos fornecer às organizações mais conhecimento sobre o seu desempenho passado. E isso, por sua vez, permite-lhes fazer um balanço dos seus processos e actividades e ajustá-los de modo a melhorar o desempenho.

Caso Prático 1

A questão

A organização estava preocupada com o facto de poderem não estar a ser cumpridos todos os processos normais de aprovação de compras e de gestão de materiais, resultando em atrasos na produção e custando tempo e dinheiro à empresa.

Análise e visão da KPMG

As capacidades de D&A da KPMG identificaram a causa do atraso como o uso inconsistente de processos de aprovação ERP vitais para a eficiência da produção, resultando em intervenções manuais recorrentes.

  • O registo de entregas fora do processo ERP teve um impacto directo nos inventários e na gestão da produção.
  • A elevada quantidade de ajustes manuais aos preços revelou um problema relacionado, nomeadamente com a exactidão dos custos de inventário.

O resultado

A KPMG proporcionou conhecimento sobre o processo da organização que não havia sido claramente identificado anteriormente, permitindo à gestão avaliar as oportunidades de gerar eficiência e aproveitar melhor o seu investimento nos sistemas ERP. Isto permitiu abordar áreas desafiantes específicas e, em última instância, agilizar a produção.

A importância das perspectivas

Para uma organização compreender realmente o seu desempenho, é necessário analisar mais do que apenas os números e mensurar as suas vitórias em relação aos seus concorrentes e aos melhores do mundo. As auditorias da KPMG fornecem a oportunidade e a capacidade de fazer esta comparação.

Utilizamos modelos de D&A específicos da indústria para fornecer referências e identificar padrões segundo os quais podemos comprar as operações da sua organização. Fornecemos-lhe as informações de que necessita para mensurar o seu desempenho em relação aos seus concorrentes e comparamos dados ao nível dos KPI operacionais. Fornecemos também perspectivas acerca do desempenho, relacionadas com a opinião do consumidor, de modo a que possa avaliar o seu impacto nas vendas e na actividade operacional.

Para além da análise comparativa, analisamos profundamente os dados, descobrindo padrões complexos, tentando descobrir o seu sentido e identificando anomalias. Utilizamos esta informação na nossa auditoria às demonstrações financeiras e também para gerar conhecimento útil e com significado, que fornece às organizações informações inestimáveis sobre como podem agir parar ganhar uma vantagem real.

Caso Prático 2

A questão

A empresa necessitava de informações relativamente ao cumprimento por parte dos colaboradores com a política de segregação de funções, de modo a assegurar que os colaboradores não estavam autorizados a realizar funções incompatíveis com as suas qualificações, no seu sistema de ERP.

Análise e visão da KPMG

A KPMG aplicou os nossos recursos de D&A para analisar 100% das transacções processadas pela empresa nos processos de vendas e compras. As nossas ferramentas podem identificar não apenas os cenários em que os indivíduos recebem funções incompatíveis com as suas qualificações, mas também os casos em que efectivamente exerceram esses funções, bem como os respectivos montantes das transacções e o impacto financeiro agregado.

Neste caso, determinámos que existiram funções incompatíveis atribuídas a vários colaboradores e que um indivíduo utilizou de facto estas autorizações em diversos casos. Ao analisar as transacções subjacentes, verificámos que os montantes em questão não eram materiais e não apresentavam risco de auditoria significativo. De seguida, estendemos a análise aos cenários de segregação de funções da indústria relevantes e comparámos os mesmos transversalmente a toda a empresa de forma a identificar tendências e padrões e destacar unidades de negócios preocupantes.

O resultado

A KPMG forneceu conhecimento com base em dados sobre se os colaboradores da empresa estavam a comportar-se de acordo com a política. Quando violações à política foram identificadas, foi possível concluir que estas violações não resultaram numa distorção material nas demonstrações financeiras. A nossa análise também revelou oportunidades para reduzir a exposição ao risco ao identificar funções incompatíveis e forneceu conhecimento adicional sobre a efectividade dos controlos transversalmente às unidades de negócio.

A vantagem das prospectivas

Não é possível prever o futuro; mas ter uma ideia do que é provável acontecer pode fazer toda a diferença. Ao olhar para o futuro e antecipar cenários, uma auditoria pode desempenhar um papel importante na identificação dos riscos futuros que uma organização poderá enfrentar e na quantificação do impacto que estes podem ter sobre o desempenho. Pode também ajudar a identificar oportunidades, fornecendo às organizações a possibilidade de as aproveitar.

Através de análises preditivas e utilizando tendências históricas de desempenho e aplicando a eventos actuais de mercado, acreditamos que estamos mais bem preparados para avaliar o desempenho futuro. Através de dados correlativos (indicadores macro e microeconómicos), podemos avaliar o desempenho preditivo e, sempre que apropriado, partilhar análises de sensibilidade com a gestão e com a comissão de auditoria.

A auditoria dinâmica da KPMG dá aos nossos profissionais espaço para se concentrarem em cada etapa do processo, desde o planeamento até à conclusão. Estes poderão utilizar o seu julgamento para enfrentar as áreas de maior risco, em vez de restringirem à análise de dados. Esta visão mais alargada significa que poderão ser identificadas tendências, riscos e oportunidades. Este conhecimento proporciona às organizações a informação de que necessitam para antecipar possíveis cenários futuros e planear com antecedência de forma mais eficaz.

Caso prático 3

A questão

A organização necessitava de informações mais completas acerca da sua exposição ao risco em todas as transacções de vendas, de modo a compreender melhor o funcionamento dos processos e controlos de aprovação ERP.

Análise e visão da KPMG

As capacidades de D&A da KPMG revelaram que um volume significativo de transacções de vendas estava a ser processado manualmente, contornando os processos e controlos normais de aprovação. A engagement team analisou especificamente estas transacções, pois foram consideradas transacções com risco elevado.

Adicionalmente, foram aplicadas rotinas de auditoria automatizadas a 100% das transacções de venda processadas da organização. Estas rotinas revelaram as discrepâncias de preços e quantidade que devem ser consideradas na avaliação dos resultados da auditoria e que podem ser partilhadas com a gestão como conhecimento adquirido com os procedimentos.

O resultado

Graças às nossas competências em D&A, a KPMG conseguiu focar concretamente o nosso esforço de auditoria nas áreas que apresentavam riscos de distorção material, melhorando assim a qualidade da auditoria. A empresa recebeu também conhecimentos poderosos acerca da sua exposição ao elevado risco das transacções e conseguiu implementar melhorias nos processos que resultaram na redução dos preços e da quantidade de discrepâncias, aumentando assim a eficiência e satisfação por parte dos clientes.

Uma auditoria dinâmica da KPMG já não é apenas sobre o desempenho do passado. É muito mais aprofundada, revelando padrões e percebendo se fazem sentido de forma a gerar conhecimento a incorporar no desempenho actual do seu negócio. Não se trata apenas de reportar. Trata-se de aumentar valor e dar conhecimentos úteis acerca do desempenho – valor e conhecimento que nunca foram alcançáveis antes. E uma vez que este tipo de auditoria olha também para o futuro, fornece perspectivas futuras que ajudam a tomar decisões informadas que têm impacto nas decisões da gestão acerca da estratégia do negócio.

Melhorar a qualidade da auditoria continua a ser algo prioritário. Através do D&A e da nossa auditoria dinâmica, não estamos apenas a melhorar a qualidade, estamos também a desbloquear o valor da auditoria, indo além da verificação de conformidade e fazendo da auditoria uma oportunidade. O D&A acrescenta valor à auditoria e aumentam a confiança no assurance.

© 2018 KPMG International Cooperative (“KPMG International”), a Swiss entity. Member firms of the KPMG network of independent firms are affiliated with KPMG International. KPMG International provides no client services. No member firm has any authority to obligate or bind KPMG International or any other member firm vis-à-vis third parties, nor does KPMG International have any such authority to obligate or bind any member firm. All rights reserved.

Member firms of the KPMG network of independent firms are affiliated with KPMG International. KPMG International provides no client services. No member firm has any authority to obligate or bind KPMG International or any other member firm vis-à-vis third parties, nor does KPMG International have any such authority to obligate or bind any member firm.

Ligue-se connosco

 

Solicitar uma proposta

 

Submeter