IFRS 16 – Arrendamento | KPMG | BR

IFRS 16 – Arrendamento

IFRS 16 – Arrendamento

Percepção e análise sobre o impacto da IFRS 16 – Arrendamento.

Percepção e análise sobre o impacto da IFRS 16 – Arrendamento.

Um balanço mais transparente

Em janeiro de 2016, o IASB emitiu a IFRS 16 Arrendamentos. A nova norma requer que as Companhias tragam a maioria dos seus arrendamentos para o balanço patrimonial, reconhecendo novos ativos e passivos.  Todas as empresas que arrendam grandes ativos para o uso em seus negócios poderão notar um aumento nos ativos e nos passivos reportados. Isso afetará uma grande variedade de ramos de atividade, desde companhias aéreas que arrendam aeronaves até varejistas que arrendam lojas. Quanto maior a carteira de arrendamentos, maior o impacto sobre as principais métricas financeiras.

Nossos materiais ajudarão você a compreender as novas exigências, avaliar o potencial impacto sobre a sua empresa e manter-se atualizado com os últimos desenvolvimentos sobre a nova norma.

Para mais informações, você pode consultar o site do KPMG’s Global
IFRS Institute.

conecte-se conosco

 

Pedido de proposta

 

Enviar