Pesquisa KPMG aponta prioridades para indústrias de... | KPMG | BR

Pesquisa KPMG aponta prioridades para indústrias de metais e mineração

Pesquisa KPMG aponta prioridades para indústrias de...

Gerenciamento de custo e desempenho são primordiais

Conteúdo Relacionado

De acordo com o relatório da KPMG "Panorama global do setor de metais e mineração de 2016”, 77% dos executivos do setor de metais e mineração disseram que gerenciamento de custo e desempenho são prioridades importantes para o futuro. 

Segundo o estudo, considerando o investimento pesado realizado durante a alta temporada do mercado, muitas operações do setor agora focam na busca por novas oportunidades de crescimento para ajudar na absorção de parte da produção excedente: 71% dos entrevistados dizem que o crescimento é uma prioridade importante ou muito importante para os próximos dois anos.

Quando questionados sobre o que fariam para incentivar o crescimento na economia atual, os entrevistados citaram duas principais estratégias que foram apontadas por eles como as principais motivações para a realização de investimentos estrangeiros: aumentar a fatia de mercado atual e entrar em novos mercados (29%, igualmente).

“O fato que os executivos da área de mineração afirmarem na pesquisa que estão confiantes e que podem alcançar um crescimento ao longo dos próximos anos é uma boa notícia. Com tanta incerteza na demanda ultimamente, isso pode ajudar as mineradoras a começar a repensar investimentos de longo prazo e planos de produção. No geral, esperamos ver uma menor variação nos preços neste ano em comparação com o ano passado, mas a melhora de valores será gradual”, explica o sócio da KPMG, Pieter van Dijk.

Uso de novas tecnologias: robótica, inteligência artificial, 3D e computação cognitiva. Os executivos também planejam, segundo a pesquisa, canalizar investimentos para implementação e desenvolvimento de novas tecnologias que auxiliem na automação de operações, aumentem eficiência e melhorem qualidade e segurança. Pouco mais de 25% dos entrevistados disseram que já investiram em manufatura aditiva e impressão em 3D, e 27% deles dizem que certamente investirão mais no futuro. Já 16% dos entrevistados dizem já ter investido em inteligência artificial e soluções de computação cognitiva, e 32% dizem que certamente investirão mais.
Enquanto isso, o maior foco de investimento parece estar na robótica, área na qual 42% dos entrevistados dizem que definitivamente vão investir nos próximos dois anos.

“Quando o crescimento for retomado, o mercado provavelmente estará muito diferente do que era no passado, principalmente, considerando as mudanças estruturais e as regulamentações ambientais que estão acontecendo. As empresas precisarão ser muito mais ágeis e eficientes para criar crescimento rentável. Computação cognitiva, inteligência artificial e dados e análises serão fatores críticos no auxílio às organizações do setor de metais para que elas possam tirar vantagem de novas oportunidades de crescimento”, afirma o sócio da KPMG, Pieter van Djik.

Sobre a pesquisa 

O relatório é baseado em uma pesquisa feita com 62 executivos de nível sênior do setor de metais, conduzida no início deste ano pela Forbes Insights e pela KPMG. Cerca de 35% dos entrevistados estão nas Américas, e o mesmo número está na Ásia, estando o restante na Europa e no Oriente Médio. Empresas com receitas globais anuais de mais de cinco bilhões de dólares representam 40% dos entrevistados e 5% são organizações com receitas de mais de 25 bilhões de dólares.

Para apoiar os dados da pesquisa, a KPMG Internacional conduziu entrevistas com os principais profissionais do setor de mineração da KPMG ao redor do mundo, que oferecem experiência, ideias e previsões de importantes segmentos da mineração para fornecer uma visão inédita dos desafios e oportunidades que as organizações de metais e mineração da atualidade enfrentam.
A pesquisa “Panorama global do setor de metais e mineração” pode ser baixada em www.kpmg.com/metalsmining.

Sobre a KPMG

A KPMG é uma rede global de firmas independentes que prestam serviços profissionais de Audit, Tax e Advisory. Estamos presentes em 155 países, com mais de 174.000 profissionais atuando em firmas-membro em todo o mundo. As firmas-membro da rede KPMG são independentes entre si e afiliadas à KPMG International Cooperative (“KPMG International”), uma entidade suíça. Cada firma-membro é uma entidade legal independente e separada e descreve-se como tal.
No Brasil, somos aproximadamente 4.000 profissionais distribuídos em 13 Estados e Distrito Federal, 22 cidades e escritórios situados em São Paulo (sede), Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, Joinville, Londrina, Manaus, Osasco, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, São Carlos, São José dos Campos e Uberlândia.

Twitter: http://www.twitter.com/@kpmgbrasil
Site: kpmg.com/BR
Linkedin: www.linkedin.com/company/kpmg-brasil
Facebook: facebook.com/KPMGBrasil 

Atendimento à Imprensa

Ricardo Viveiros & Associados - Oficina de Comunicação (RV&A)
Marcel Trinta - marcel.trinta@viveiros.com.br - 11 3736-1127
Bianca Antunes - bianca.antunes@viveiros.com.br - 21 3515-9431
Ana Azevedo - ana.azevedo@viveiros.com.br - 11 3675-5444
Annelize Demani - annelize@viveiros.com.br - 21 3515-9487 
Twitter: http://www.twitter.com/@RVComunicacao
Facebook: facebook.com/ricardoviveiroscomunicacao
Site: viveiros.com.br 

conecte-se conosco

 

Pedido de proposta

 

Enviar