Fusões e aquisições recuam em 54% no Paraná | KPMG | BR

Fusões e aquisições recuam em 54% no Paraná, aponta KPMG

Fusões e aquisições recuam em 54% no Paraná

No primeiro trimestre deste ano, o estado do Paraná apresentou uma queda de 54% em fusões e aquisições.

Conteúdo Relacionado

No primeiro trimestre deste ano, o estado do Paraná apresentou uma queda de 54% em fusões e aquisições, com o total de seis operações, sete a menos em relação ao mesmo período do ano anterior. A Região Sul também apresentou declínio, passando de 24 para 21 ações, em 2016. As informações são da pesquisa realizada trimestralmente pela KPMG com 43 setores da economia brasileira.

Segundo o levantamento, das seis operações realizadas este trimestre no Paraná, quatro foram de empresas brasileiras sendo compradas (transações domésticas e CB1), e duas transações envolvendo empresas estrangeiras (CB4).

 “Ao analisarmos a pesquisa, podemos notar a redução não só no total de transações no estado do Paraná, mas também o declínio no número de empresas por setor. No 1º trimestre de 2016, as transações são pontuais em múltiplos setores, como o de construção civil, energia, serviços portuários e aéreos, celulose e, por fim, madeireiro. Enquanto no trimestre de 2015, ocorreram uma série de transações no setor de alimentos, bebidas e tabaco”, comenta sócio da KPMG no Brasil, Eduardo Navarro.

1º Trimestre Doméstica CB1 CB2 CB3 CB4 CB5  Total
2016 2 2 - - 2 - 6
2015 4 6 1 1 1 - 13

Legendas

Transações Domésticas: entre empresas de capital brasileiro

CB1: Empresa de capital majoritário estrangeiro adquirindo, de brasileiros, capital de empresa estabelecida no Brasil.

CB2: Empresa de capital majoritário brasileiro adquirindo, de estrangeiros, capital de empresa estabelecida no exterior.

CB3: Empresa de capital majoritário brasileiro adquirindo, de estrangeiros, capital de empresa estabelecida no Brasil.

CB4: Empresa de capital majoritário estrangeiro adquirindo, de estrangeiros, capital de empresa estabelecida no Brasil.

CB5: Empresa de capital majoritário estrangeiro adquirindo, de brasileiros, capital de empresa estabelecida no exterior.

conecte-se conosco

 

Pedido de proposta

 

Enviar