Uma revolução não convencional brasileira | KPMG | BR
close
Share with your friends

Uma revolução não convencional brasileira

Uma revolução não convencional brasileira

Energia e Recursos Naturais - segmento de Petróleo e Gás

Conteúdo Relacionado

Torres de gás - Uma revolução não convencional brasileira

O Brasil é um dos mais importantes agentes no cenário energético mundial, com uma produção de petróleo crescente e um vasto portfólio de recursos hídricos, minerais e outros recursos naturais. Contudo, é questionável que o país ainda seja um importador de gás natural, possuindo grandes reservatórios, e sendo o 10º país no mundo em termos de recursos tecnicamente recuperáveis de gás de folhelho.

Em um futuro próximo, a exploração de gás de folhelho onshore poderá se tornar uma prioridade estratégica para o setor de Petróleo e Gás brasileiro e, para isso, a capacidade de desenvolver negócios deve ser viabilizada por meio da estruturação regulatória e ambiental da indústria, incentivos ao investimento direto em infraestrutura, compartilhamento de estruturas existentes, simplificação do mercado de gás natural e desenvolvimento de modelos de monetização, no conceito “Gas to X”.         

O estudo desenvolvido tem como proposta discutir qual seria o preço de equilíbrio que viabilizaria o desenvolvimento de ativos não convencionais no Brasil, elencando quais as contribuições dos principais componentes de custo, bem como contextualizar o valor obtido (4,4 USD/MMBtu) frente às projeções de preço do gás natural em diferentes mercados.

Este estudo foi desenvolvido pelo time de Global Strategy Group da KPMG no Brasil em parceria com:

  • KPMG Global Energy Institute para América Latina e;
  • Centro de Excelência de Petróleo e Gás da KPMG no Brasil.

conecte-se conosco

 

Pedido de proposta

 

Enviar