O que pensam os estudantes de cursos de negócios | KPMG | BR

Saiba o que pensam os melhores estudantes e recém-formados de cursos voltados para áreas de negócio

O que pensam os estudantes de cursos de negócios

A maior parte dos entrevistados entende que a tecnologia irá alavancar suas carreiras, e não colocá-las em risco.

Conteúdo Relacionado

Foram entrevistados os 88 estudantes, das principiais universidades de 22 países, finalistas da competição KICC – KPMG International Case Competition, que aconteceu no período de 09 a 12 de abril em Kuala Lumpur. 

Uma das principais conclusões é que estes universitários e recém-formados de cursos voltados para áreas de negócios estão bem otimistas em relação às melhorias que a tecnologia trará para suas vidas e experiências profissionais. Todos os estudantes preveem que a tecnologia terá um impacto significativo e positivo sobre suas carreiras, com mais da metade prevendo que ela irá mudar radicalmente o trabalho que eles executam - nenhum deles prevê um impacto negativo.

Diante do receio de que a tecnologia possa reduzir ou eliminar oportunidades de trabalho, os estudantes estão altamente confiantes de que ela, na verdade, trará novas possibilidades para suas carreiras. Quando questionados sobre qual é o maior impacto que as novas tecnologias terão sobre suas experiências profissionais, mais de 35% disseram que esperam que a tecnologia permita que eles façam o trabalho que agregue valor ou tenha um impacto maior, enquanto 21% preveem que ela proporcionará oportunidades de focar trabalhos mais interessantes e quase 20% disseram que ela permitirá que eles desenvolvam suas habilidades e competências de forma contínua.

Quando questionados sobre quais são as três tecnologias que terão uma maior influência sobre suas carreiras nos próximos dez anos, a grande maioria dos estudantes, 81%, identificou IA, seguida por blockchain e robótica, cada uma identificada por 59%. Mais da metade disse que a IA aumentará o nível de responsabilidade para os recém-formados e quase 25% acreditam que a IA aumentará o número de oportunidades de trabalho.

Os estudantes e recém-formados também reconheceram que existem habilidades e valores não técnicos de grande importância que serão fundamentais no local de trabalho do futuro. Quase dois terços (61%) classificaram a resolução de problemas como a habilidade mais importante, seguida de capacidade de aprender (49%) e criatividade (39%).  Os valores que eles classificam como mais importantes incluíram ética (identificada por 58%), responsabilidade (52%) e integridade (41%).

conecte-se conosco

 

Pedido de proposta

 

Enviar