Parcelamento de dívidas Funrural | KPMG | BR
close
Share with your friends

Parcelamento de dívidas Funrural

Parcelamento de dívidas Funrural

Prorrogação de prazo para adesão

Conteúdo Relacionado

silos em zona rural

O Programa de Regularização Tributária Rural teve seu prazo de adesão estendido até 30 de abril, conforme Lei nº 13.630, publicada no dia 1º de março.

A prorrogação é uma ótima oportunidade para aqueles com interesse em renegociar dívidas com o Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural), incluindo o parcelamento de débitos vencidos até 30 de agosto de 2017, e ainda parcelar suas dívidas em até 176 vezes (ao fim desse prazo, caso haja necessidade, ainda serão concedidos mais 60 meses para pagar o restante devido), com redução de 100% dos juros de mora.

Antes de iniciar o parcelamento das dívidas, o setor de agronegócio terá que pagar 2,5% de entrada, em até duas parcelas, sobre o valor total das dívidas com o Funrural. E ainda permitiu que produtores e empresas façam a opção, a partir de 2019, por recolher a contribuição sobre a folha (INSS) ou sobre a produção (Funrural), bem como reduziu a alíquota da pessoa física de 2% para 1,2% a partir de 1º de janeiro de 2018.

A KPMG no Brasil possui uma larga experiência no setor de agronegócio e possui expertise e ferramentas para ajudar empresas e produtores rurais a se beneficiar da nova lei que institui o Programa de Regularização Tributária Rural. Caso queira conversar mais sobre este assunto ou demais desafios que envolvem o seu negócio, entre em contato com a nossa equipe. Estamos à disposição.

> Clique aqui e conheça a página de Agronegócio da KPMG no Brasil.

conecte-se conosco

 

Pedido de proposta

 

Enviar