IFRS em Destaque 02/2016: IFRS 16 Arrendamento | KPMG | BR

IFRS em Destaque 02/2016: IFRS 16 Arrendamento

IFRS em Destaque 02/2016: IFRS 16 Arrendamento

Um balanço mais transparente

Conteúdo Relacionado

IFRS em Destaque 02/2016: Primeiras impressões

A publicação IFRS em Destaque 02/16 – IFRS 16 Arrendamento, traz consigo o princípio da transparência e comparabilidade nos balanços empresarias da norma divulgada pelo IASB em janeiro de 2016.

Com a IFRS 16, pela primeira vez, os analistas poderão visualizar a avaliação das companhias a respeito de suas obrigações de arrendamento, calculada através de uma metodologia padrão para as companhias que preparam e divulgam informações de acordo com a IFRS. 

Os impactos não se limitam ao balanço. As companhias irão registrar despesas financeiras maiores no início do prazo do arrendamento para a maioria dos contratos, mesmo quando os pagamentos são constantes.
Adicionalmente, a norma introduz uma divisória clara entre os arrendamentos e contratos de serviço – os contratos de arrendamento serão trazidos para dentro do balanço patrimonial, enquanto os contratos de serviços permanecerão fora.

A IFRS 16 entra em vigor para os exercícios iniciados em ou após 1º de janeiro de 2019 e a adoção antecipada é permitida somente se a norma IFRS 15 Receitas for também aplicada. No entanto, a adoção antecipada não é permitida para entidades que divulgam suas demonstrações financeiras de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil.

conecte-se conosco

 

Pedido de proposta

 

Enviar