Fusões e Aquisições - 2º. semestre de 2015

Fusões e Aquisições - 2º. semestre de 2015

Número de empresas brasileiras comprando estrangeiras fica perto de recorde.

Conteúdo Relacionado

Fusões e Aquisições 2o. semestre de 2015

O estudo sobre Fusões e Aquisições é realizado trimestralmente pela KPMG no Brasil e aborda diversos assuntos como ranking setorial de transações, distribuição geográfica das transações, participação dos países no número de transações do tipo cross border, evolução dos números em anos anteriores e outros comparativos.

Número de empresas brasileiras comprandoestrangeiras fica perto de recorde. 

Já com o recuo das transações domésticas, as operações de fusões e aquisições têm resultado mais baixo dos últimos cinco anos. 

As transações CB2, nas quais empresas de capital brasileiro compram empresas estrangeiras estabelecidas no exterior, foram o destaque do ano de 2015 – concretizaram-se 65 operações desse tipo, número que fica apenas uma transação abaixo do recorde estabelecido em 2007. 

Esse movimento tem se fortalecido desde o último trimestre de 2014. Empresas nacionaisbem estruturadas estão buscando internacionalização e encontrando nesse nicho uma forma de manter bons resultados, já que o mercado nacional não está tão aquecido. 

O setor que mais realizou esse tipo de operação foi o de Alimentos, bebidas e tabaco, com 19 transações, quase o dobro do segundo colocado, que foi Tecnologia daInformação.

© 2017 KPMG Corporate Finance Ltda., uma sociedade simples brasileira e firma-membro da rede KPMG de firmas-membro independentes e afiliadas à KPMG International Cooperative (“KPMG International”), uma entidade suíça. Todos os direitos reservados.

conecte-se conosco

 

Pedido de proposta

 

Enviar

Nova plataforma digital da KPMG

A KPMG International criou uma avançada plataforma digital que aumenta sua experiência, otimizada para descobrir novos e relacionados conteúdos.

 
Leia mais